quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Retrospectivas e Perspectivas - De 2013 a 2014

36 dos 62 rabiscos do ano de 2013 em Retrospectiva.

Não desenho absolutamente nada desde 01 de Outubro de 2013.
Admito: saber que estava grávida, ao invés de aumentar a produção fez eu considerar que haviam coisas mais importantes para fazer... E depois disso veio muito cansaço e um sono fulminante que não me deixou fazer nada além disso: dormir.

E agora a menina (Lívia) já está aqui em casa há quase 01 mês... E não é uma questão de saber que não exista nada mais importante mas... Não existe - pelo menos por enquanto - tempo para mais nada. Estou checando todos os clichês da maternidade e validando: caos é a primeira palavra que me vem a cabeça... Estou tentando deixar de ser estatística mas está difícil, especialmente retornar a prática de pelo menos um pomodoro por dia de desenho. E para minha frustração eu sei que quando retomar, o pouco que ganhei em 2013 vai ter desaparecido.

Mesmo assim, o blog não morreu.

Tudo bem, a produção de 2013 ficou aquém do que eu esperava. Mas mesmo assim, foi o quinto ano mais produtivo dos últimos 20 -- e para um leigo (no caso meu marido), a produção foi muito superior aos demais anos. Apesar de ter me arrependido em determinado ponto do projeto família (as interferências para referências e palpites me tiraram um pouco do sério), esse foi, no geral, um ponto alto do ano. Há anos eu rabisco aqui e alí, mas nada significativo -- retratar a família toda foi legal.

Perspectivas para 2014

Ainda não fechei de fato as minhas metas para 2014... Mas fiz algumas (mais modestas, ou não) para desenho esse ano -- se não mudá-las em breve, é isso que eu vou tentar esse ano:

  • 365 rascunhos/trabalhos no Flick - não tão elaborados quanto os demais -- se fossem diários, seriam ideais, mas como já estamos no segundo mês do ano, a meta é chegar a 365 mesmo que em alguns dias isso signifique 02, 03 por dia. Ok, é bem pretensioso para quem só chegou aos 62 no ano anterior, e sem bebê mas... Pretensão e água benta não fazem mal mesmo.
  • Dobrar as postagens no Blog (156) - vamos combinar que multiplicando o número de rascunhos, não é difícil multiplicar o número de postagens. Embora eu tenha planos para algumas coisas de melhor qualidade s não relacionadas aos rascunhos, dobrar as postagens já é o suficiente para deixar esse blog com cara de vivo. Pelo menos uma postagem já foi aqui, rs - faltam 155.
  •  25 participações no Illustration Friday - um dos grandes problemas com desenho, que eu pretendo tratar em um post mais adiante é: essa é uma meta danada de complexa e abstrata. "Aprender a Desenhar" é uma meta irrealizável... Você precisa quebrar em partes mais "mastigáveis" como "desenhar animais", "desenhar mãos", "desenhar retratos" etc. -- Embora na prática eu ainda seja contra quem faz essa educação compartimentada, porque os princípios são sempre os mesmos... Acho que a pessoa interessada é que deve focar num tema por vez, sem acreditar que existe um método específico para cada tema. Tudo isso para falar do porque participar do Illustration Friday: rabiscar é legal, mas produzir ilustração - planejar, executar, revisar etc. - é outro jogo de competências... E no final das contas, é o porque eu tento aprender a desenhar de verdade. É como jogar uma "obrigação" no mundo da diversão.
  • 25 análises no DTO - Utilizar o serviço de críticas semanais do Drawing Tutorials Online já era uma meta de 2013 -- que não deu em nada, mas blz! Para 2014 ela se tornou fundamental porque uma coisa ficou clara: aprendendo por conta própria, você comete os mesmos erros "again e again" -- e se você der oportunidade (idealmente semanal, mas caso contrário quinzenal) que alguém aponte essas repetições, as chances de corrigi-las serão bem maiores.
Acho que é isso... Espero que em breve eu possa voltar aqui com os estudos de 2014! É torcer.

domingo, 1 de dezembro de 2013

Retrospectiva de Novembro


Produção total do mês de Novembro... Deu branco.
De volta do espaço sideral, ou de um cantinho por aí, eu tenho a dizer: nada é ruim o suficiente que não possa piorar (e nem impossível suficiente que a gente não possa melhorar). Mas se eu achei que o mês de Outubro foi fraco, Novembro decidiu mostrar que poderia piorar um pouco.

É bem triste saber que eu não rabisco nada há exatos 02 meses (o último foi em 01/10). E olha que eu tinha grandes planos para uma retomada nesse Novembro mas... Quando as coisas escapam da rotina, você tem que se esforçar para torná-las habituais novamente, caso contrário elas se perdem. E foi isso que aconteceu com o desenho... Parei de fazer coisas que eram o gatilho da atividade. E se você não faz ideia do que eu estou falando, eu realmente recomendo esse vídeo (e o livro que o acompanha):



Como hoje é domingo, o plano é já garantir alguma coisa para Dezembro. Nem que seja limpar a prancheta e deixá-la pronta para desenhar por lá -- coisa que na verdade eu não fiz durante todo ano, esperando o "momento certo". Mas nessa história de criar hábitos e rotinas, me parece mais proveitoso já contar com um espaço específico para a coisa.

Vamos ver no que dá!

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Retrospectiva de Outubro

Estou um pouco envergonhada com essa postagem -- em 2013, já tivemos meses fracos, embora nenhum como esse. Gostaria de dizer que tudo aconteceu por motivos de força maior, que eu me envolvi demais com o TCC (não, não me envolvi); que a dor nas costas continuou me matando (não, não está) ou que eu estou dando o dobro de gás nos freelinhas para garantir os meses em que tudo o que vou fazer é dar de mamar e trocar fraldas mas... Nem isso.

Várias coisas passaram pela minha cabeça esse mês -- e não foi possível dividir tempo entre elas e o desenho. Embora as coisas estejam um pouco bem mais claras agora. Veja, essa postagem de "retrospectiva" é sempre feita quando eu sei que não vou mais desenhar no mês, e programada para ser publicada no primeiro dia do mês seguinte; então é possível (embora eu não coloque minha fé nisso) que na próxima postagem eu diga algo diferente mas... A função e o porque eu preciso/quero/devo manter esse blog está muito mais clara.

Não, eu não sei como alguém que desenha nesse nível ainda tão tosco faz para ganhar dinheiro com isso -- e ganhar dinheiro com qualquer coisa que pague as contas e não devore a minha alma é a coisa que mais toma o pensamento ultimamente mas... Eu sei que já fiz outras escolhas bem "sensatas", com empregos/empreendimentos que deveriam pagar as minhas contas e serem executáveis dentro das minhas habilidades mais fáceis mas as coisas nunca funcionaram dessa forma então... Na lona por obrigação, na lona por paixão.

Dia 31 de Outubro, meu amanhã e o seu ontem (nesse blog oferecemos viagens no tempo gratuitas) era o meu último dia para entregar o TCC. Não sei o que deu (embora tenha um palpite um pouco nefasto). Meu lado "sensato" não via a hora de se livrar disso... Ele fez, de novo, o investimento em uma pós graduação que fizesse sentido dentro da minha área de atuação profissional... E sinceridade? Teria sido muito mais útil e compensador ter gasto a mesma grana em aulas de pintura a óleo ou artesanato.

Eu gosto de escrever, eu gosto de produzir coisas esteticamente agradáveis mas... Acima de tudo eu gosto de coisas "produzidas" e mão na massa. Eu consigo, muito bem, trabalhar com abstrações, planejamentos, documentação -- e isso garantiu que eu fizesse um trabalho profissional/corporativo muito bom, por muito tempo... Mas como todas as coisas que não devem ser, não resultou em satisfação ou resultados. Então a partir de 01 de Novembro, porque eu preciso encontrar meu caminho e oferecer a minha filha algo melhor do que "o mundo é cão querida!", eu vou começar a investir mais nessas coisas que eu deixei de lado.

E seja o que for pra ser... Que o que não era para ser já foi.
Muito complexo por hoje? Prometo melhorar.

Retrospectiva de Outubro
1. Not available, 2. Not available, 3. Not available, 4. Not available, 5. Rascunho 626. Not available7. Not available8. Not available9. Not available

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Outubro no ar...

Um novo mês de postagem começando, os mesmos velhos problemas. Ainda não consegui me acertar com o novo sketchbook (estou usando o Tilibra Academie); achei que seria bem mais fácil de trabalhar sombreados nele, mas tudo o que eu faço tem saído mais áspero e irregular. Acho que como o sketchbook anterior era acetinado demais, eu acabei deixando a mão muito leve, e agora ela tem que voltar a pesar um pouco.

Ele também não se deu muito bem com o scanner, e ao contrário do que eu esperava, reflete luz pra caramba e não mostra todos os tons de cinza do original, e eu acabo precisando controlar muito os níveis no photoshop para que você possa ver alguma coisa por aqui.

Outra questão a trabalhar é que estou desenhando pessoas de cera. Estou desenhando pelos contornos, não tomando cuidado com nenhuma estrutura anatômica, e ainda por cima não sombreio até o fim porque dói as costas. Assim não há rabisco que ganhe um jóinha ao final do trabalho.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 62

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Retrospectiva de Setembro


Mais um mês com a tradicional retrospectiva do mês anterior. Setembro começou como uma grande promessa, mas foi interrompido por 03 questões:

-- 01 dor nas costas que me impede de qualquer atividade muito longa;
-- 01 gravidez recém descoberta (mais para o final do que para o começo), que muito provavelmente tem tudo a ver com essa dor nas costas;
-- A necessidade de começar um novo sketchbook (que eu descobri, pode ser mais intimidador que terminar um que não acaba nunca).

Tudo isso considerado, até que a produção geral foi boa... Mesmo estando longe do que eu gostaria. Ainda sonho com um mês no qual eu consiga produzir um rabisco para cada um dos dias do mês. Ou que eu pelo menos faça metade disso... Mas bem feito. Ainda não sei se esse é só um Hobby que eu vou levar desse jeito completamente despretensioso... Ou se vou decidir investir mais nisso no futuro. Estou distante de qualquer atividade profissional nessa área, seja por vontade ou por qualidade mas; toda vez que eu sou obrigada a voltar aos pequenos trabalhos, freelas e discussões na minha área atual por conta do dinheiro -- e eu vejo que cada vez mais eu ODEIO voltar a essa área e seu dia a dia, eu não sei se o mantra "ferrada, ferrada e meio" se aplica, e eu deveria mudar radicalmente de rumo.

O Juri interior ainda delibera.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Setembro
1. Rascunho 56, 2. Rascunho 57, 3. Rascunho 58, 4. Rascunho 59, 5. Rascunho 60, 6. Rascunho 61

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O Sketchbook morreu! Longa vida ao sketchbook!

Passei por aqui fora de horário, com o título mais batido possível só para encerrar Setembro em número par! Comecei um novo sketchbook, que facilita um pouco o sombreamento mas que não se deu muito bem com o scanner -- pior que o anterior. A dor nas costas não me deixou (e pelo que soube, não vai me deixar pelos próximos 04 meses... E depois vai necessitar de troca de fraldas e mamadas constantes, então é bem possível que a minha produção cai daqui para a frente).

Ainda estou tentando digerir essa história de me descobrir grávida tão tarde e os impactos que isso vai ter em toda a minha vida mas... Por hora vamos terminar com Setembro.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 61

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Sketchbook: Es finito!

Anjos cantam felizes, aleluia, aleluia! Depois de muito, muito tempo, eu consegui finalmente acabar com esse sketchbook. Ele foi bonzinho, simpático e muito legal mas... Já deu, pode se aposentar agora feliz com o resultado de sua vida útil.

Hoje sem muito mais a acrescentar, tô num desânimo só. Nem esse meu porto seguro de quase sempre tem sido suficiente para me deixar um pouco mais otimista em relação a tudo -- acho que também porque, cada vez mais eu percebo que isso está distante demais de tudo o que eu gostaria de fazer... Complicadas as coisas.

O rabisco que ilustra esse post...
E encerra esse sketchbook...

Rascunho 60

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Segunda no ar...

Começando a semana na tentativa de continuar com a finalização do sketchbook -- está difícil dizer adeus a esse caderninho viu! Parece que durante as noites ele acaba fabricando mais páginas e a coisa nunca termina. O bichinho foi valente, foi fiel, mas espero que chegue a hora de ele ceder lugar ao próximo em breve -- embora ainda esteja meio difícil aceitar que no próximo eu vou tentar parar de fazer esses rabiscos com aspirações de trabalho acabado nele. Acho que sketchbooks deveriam ser lugares mais livres, onde você não tivesse medo de rabiscar qualquer coisa... E eu confesso que ainda tenho um medo significativo de desenhar qualquer coisa. De imaginação então nem se fale...

E depois do post de ontem, eu me sinto até envergonhada de compartilhar o rabisco a seguir mas... promessa é promessa, então vamos lá.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 59

domingo, 15 de setembro de 2013

Links para o Domingo

Um pouco de "choque de realidade" sempre faz bem quando você está tentando melhorar -- eu tento manter os meus choques altos e constantes, para evitar cair no erro de achar que eu já cheguei em algum lugar confortável. Os vídeos a seguir, colhidos na última semana no YouTube, são exemplos do quanto ainda existe de feijão com arroz para ser devorado no caminho que está pela frente.

Heather Rooney
https://www.facebook.com/ArtistHeatherRooney
Toda informação que consegui dessa artista é que ela tem 20 anos (o que torna a coisa toda ainda mais traumática). Ela não responde nenhuma pergunta em suas postagens no Facebook ou no YouTube; o que eu achei meio rude, especialmente porque ela não menciona em nenhum lugar o tempo gasto ou o papel utilizado, mas o realismo de suas pinturas a lápis de cor são de cair o queixo.



Marcello Barenghi
http://www.marcellobarenghi.com/
Marcello é um ilustrador e designer gráfico italiano (diretamente de Milão). Nos vídeos do YouTube ele trabalha técnicas bem realistas com marcadores e lápis de cor, e também deixa as pessoas babando.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Melhor de 05!

Depois de uma tentativa traumática no "desenho de imaginação" e marcadores, voltamos aquilo que me é mais confortável -- embora ainda não esteja do jeito que eu gosto. Ainda enfrento questões de finalização; chega uma hora que eu perco a paciência (normalmente quando as costas começam a gritar demais, coisa que não está demorando muito agora) e dou o rascunho por encerrado... Estou evitando, ainda, atravessar os dias com o mesmo rascunho, senão vira algo mais importante do que realmente deveria ser.

Como eu estou sempre acompanhando a questão do volume de produção, estou feliz porque desde 2008 eu não produzia tanto. E se eu for comparar o volume de produção de hoje com o de 2010 (o mais produtivo desses últimos anos até agora, e que eu acabo de empatar), eu acho que a produção desse ano está muito mais significativa -- apesar de todos os olhos tortos e as renderizações frouxas. Principalmente porque em 2010 o que aconteceu foi realmente um apanhado de rabiscos dignos de guardanapo ou de borda de caderno... Esse ano eu acho que pelo menos eu estou "melhorando" um pouco.

Espero!

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 58