Mostrando postagens com marcador Retrospectiva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Retrospectiva. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Retrospectiva de Rabiscos em 2016

1. sk_2016_0001, 2. sk_2016_0002, 3. 20160715_132653, 4. Às vezes sobra um tempinho pra respirar e rabiscar mini-cabeças lânguidas no cantinho do caderno., 5. sk_2016_0004, 6. sk_2016_0005, 7. sk_2016_0006, 8. sk_2016_0007, 9. sk_2016_0008, 10. sk_2016_0009, 11. sk_001x400_2016, 12. Desculpe o incomodo -- Apenas testando se meu lettering de pobre vai parar no Blogger. #sketchblock, 13. Me preparando para o #inktober 2016, pirando nos rabisquinhos. Vai tudo pro #sketchblock, 14. First day... Messy, messy, messy #inktober #inktober2016 #sketchblock, 15. Inktober Day 2, late! #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 16. Inktober Day 3 -- Almost in Pace!!! #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 17. Inktober Day 4 -- Just one more to go! #inktober #inktober2016, 18. Inktober Day 5 -- Practicing textures... E postando de madrugada pra não correr o risco de muita gente ver... Tem dias que fica uó, não dá pra evitar. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 19. Inktober Day 6 -- Mais um e eu bato o recorde do ano passado... Que foi bem baixo, rs. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 20. Inktober super atrasado. Não vamos nem comentar as impossibilidades. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 21. IMG_20161017_195858723, 22. Inktober, late really late. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 23. Inktober. Atrasado, late, tarde, in ritardo, tard... Deu pra entender. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 24. IMG_20161027_081226754, 25. Se continuar todos os dias até o final do mês, dá para enganar que a intenção era fazer dia sim, dia não, rs. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook #sketchs #rabiscos, 26. Vai chegando no final do mês e a vontade, cuidado, ânimo e tudo isso vai chegando ao fim. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 27. Desafio de Novembro vai ser o desenber... Só desenhando mais pra parar resolver as torturas. #inktober #inktober2016 #sketchblock #sketchbook, 28. Será que se eu inventar um "Esferovember" vira alguma coisa? Rs #dailysketch #sketchblock #sketchbook #biro #esferografica, 29. E o #esferovember que é só meu continua, rs. No episódio de hoje aprendemos a parar de falar que qualquer papel e caneta está bom -- esse #sketchbook tem sulfite 75g e agora está marcado pelas próximas 3 folhas só no peso da caneta. É o que eu digo: "a vi, 30. Tem dias que tudo que sai é autorretrato do capeta. #dailysketch #sketchblock #sketchbook, 31. Um pouco mais baixo no índice de autorretrato do capeta, rs. #sketchblock #sketchdaily #sketchbook #pendrawing #dailydraw, 32. Rabisquinhos de ontem, pq hj foi triste -- vai ficar lacrado, rs. #sketchblock #sketchbook #sketchdaily #pencildrawing #artjournal #dailyart, 33. Back to basics. #sketchblock #sketchbook #dailysketch #dailyart #artjournal #pencildrawing, 34. Tem horas que todo rabisquinhos possível acontece no único papel que temos a mão. #sketchblock #sketchbook #dailysketch #dailyart, 35. 📌 Naquele momento em que vc para o rabisco pq está tarde e vc não quer estragar, rs. #sketchblock #sketchbook #dailysketch #dailyart
Como a esperança nunca morre, assim como com o ano de 2016, a gente sempre espera que algo bom aconteça até o final do ano pra poder melhorar a retrospectiva... Mas na falta, melhor garantir que a retrospectiva seja feita de qualquer jeito.

2016 não foi meu ano ideal. Tinha planos de bater a produção de todos os anos, e não consegui que a média ficasse nem entre os melhores -- grande parte do que eu fiz foi feito no Inktober, e mesmo esse não saiu como eu esperava.

Gostaria de dizer que não impacta, mas impacta: não estar realizando nenhuma aula presencial tem um impacto direto no meu nível de produção -- principalmente no quesito "quantidade". Nessa história de ficar por conta em casa, a gente sempre acha que pode colocar a coisa na linha a qualquer momento... E de "qualquer momento" em "qualquer momento" o ano termina.

Melhoras para 2017.

sábado, 4 de junho de 2016

Parou por quê? Por que parou?

Fiz uma pausa de exatos 30 dias por aqui, mas estou de volta. Ninguém morreu. Ninguém foi às ruas... Tudo de boa. Depois de 30 dias blogando diariamente no BEDA, foi necessário. Não que eu tenha ficado sem assunto ou sem necessidade de escrever mas.. Não posso deixar de escapar do "Por quê?" e "Pra quê?" que sempre me assolam quando o assunto é esse blog.

Definitivamente, seguir um hobbie depois dos 30 quando ele não é seu ganha pão é uma atitude heroica... E eu não sou das pessoas mais heroicas que eu conheço... Nem remotamente...

Sigo diversos grupos de ilustradores, arte, desenho e assuntos relacionados do Facebook... Fico assustada com a quantidade de gente competente que existe... Mas dada a situação política e social do país, também me assusta que tanta gente relacionada a arte tenha visões tão tacanhas e preconceituosas sobre o mundo. Junte isso aos meus últimos professores de desenho e ilustração, com os quais os meus santos não bateram por motivos unicamente pessoais (xinga a mãe mas não segue e compartilha "Revoltados Online" por favor), e eu fiquei em uma profunda crise de "Essa não é minha tribo, não pode ser minha tribo".

Então já que no momento eu não tiro um centavo dessa atividade -- nas lojinhas eu até tiro uns trocos, mas as pessoas compram produtos específicos, nada relacionados ao blog sem ser pela área de atuação -- eu resolvi seguir uma recomendação bem básica dada aos bloggers desde que eu comecei o meu primeiro lá pelos idos de 2002: escreva aquilo que você gostaria de ler.

Admito que escrever para mim; sobre meus problemas, minhas limitações e meus avanços (ou retrocessos), dar dicas que eu gostaria de ter recebido anos atrás nessa área rabisqueira vai ser bem menos interessante para diversas pessoas, e um conteúdo limitado para muitas delas... Por isso eu peço desculpas, mas, por hora, é o que dá para fazer.

Rabisco que ilustra o post:
Estou começando uma série de "recontagens" nos sketchs. Quero chegar até 400 até o final do ano. Esse foi o número 1... Vamos ver até onde 2016 nos leva.

https://flic.kr/p/HitgCQ

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Retrospectiva BEDA 2016¨(Abril) - Aprendizados

Abril chegou ao fim, e com ele o desafio BEDA (Blog EveryDay April) 2016. Foram 30 dias de postagens, com coisas que eu gostaria de compartilhar (outras nem tanto) durante todo o mês de Abril. Não sei se alguém achou essa empreitadas útil — ainda estou pessoalmente na dúvida — mas deu pra aprender muita coisa por aqui.

1. Postar diariamente é possível!
Não é fácil, mas é possível. Embora eu ainda tenha a meta de começar a fazer pelo menos um rascunho por dia e postar, o blog não precisa se resumir a isso. Com um pouco de planejamento — e um calendário editorial azeitado — é possível produzir coisas que façam sentido para mim, e ajudem um pouco quem me visita por aqui.

2. Planejamento é tudo.
Minhas micro férias quase colocaram tudo a perder — eu não havia pensado em como colocaria no ar os posts programados para a semana do feriado apenas com o celular, então tive que adiar alguns posts que seriam impossível por celular(que acabaram tão adiados que só vão ao ar essa semana). Por aqui, ainda foi possível remediar — no meu blog pessoal fez com que o projeto desse água. Mas cansada de ficar pensando diariamente no que escrever por aqui, isso fez com que eu finalmente configurasse uma maneira mais “mobile” de postar por aqui, e colocasse o calendário editorial em prática — e agora eu sei com uma boa antecedência o que vai no ar e quando.

3. “I have to practice what I preach”.
Sim… Eu tenho plena consciência do quanto é ridículo ter um blog sobre desenho e a necessidade de praticar e não praticar diariamente — passar 30 dias postando e ver que desses 30 dias eu tenho apenas 4 rascunhos para mostrar é triste. Pessoalmente esse é o meu maior desafio.

No fim das contas, foi um intensivo em “o que fazer”, “o que não fazer” e “o que pode ser feito”, de maneira prática. Ao longo desses anos de blog eu parei para pensar diversas vezes no que fazer por aqui — um BEDA poderia ter deixado as coisas claras há muito mais tempo.

Se você ficou interessado em fazer uma retrospectiva de todas as postagens desse BEDA, basta acessar esse link: http://www.sketchblock.com.br/search/label/BEDA2016

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Retrospectiva 2015


Assim como a retrospectiva automática do Facebook, aqui está mais para uma "Pobrespectiva 2015". O ano foi fraquíssimo e eu fracassei mais do que tive sucesso em tentar conciliar as minhas obrigações de mãe e espasmos de empresária com as minhas vontades de desenhar...

Gostaria de dizer que em 2016 vai ser diferente mas, embora eu realmente espere que seja, expectativa por expectativa não dá em nada.

Dos últimos 21 anos que eu faço algum acompanhamento -- ou melhor, dos últimos 21 anos que tem alguma documentação -- esse ano ficou na classificação 11º, contra o 14º do ano passado (pessoa de humanas com pé em exatas tem dessas maluquices estatísticas). É melhor, parece melhor, mas ainda assim eu não me sinto contente com o resultado do ano...

Estou no muro com essa história de assumir resoluções em relação a 2016.
Ultimamente, tem sido difícil até manter o hábito do café da manhã...
Mas quem sabe não é mesmo?

Um feliz Ano Novo para vocês que ainda me seguem!
Nos vemos em 2016.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Confortando e perturbando há 35 anos!

Voltando! Nesse domingo eu completei assustadores 35 anos. Agora não faço mais parte da faixa "jovens" das pesquisas de marketing (que vai até os 34 anos), pago plano de saúde em uma faixa mais cara e não posso mais, definitivamente, fazer cara de "WTF???" quando alguém quer ser gentil e me chama de senhora. É... Sabe aquela história de que "depois dos 18 o tempo voa"? Clichê! Mas real.

Como estou distante daqui há algum tempo, estou recomeçando como se nada tivesse acontecido -- às vezes é necessário. Quando o tempo é escasso, ou a rotina leva o melhor de você, não adianta ficar se martirizando e pensando no que você faria se estivesse em uma bolha imaginária de tempo e possibilidades. Como eu disse: um dia você tem 18, no outro tem 35 e se não tomar cuidado, quando olhar outra vez tem 80.

Rabisco feito no dia do aniversário
em "comemoração".
Mais em: https://instagram.com/prixcnunes/
E eu já olhei por todos os ângulos: não consigo ficar sem meus rabiscos. Se eles não são (ainda, haha) nenhuma obra-prima, eles têm o efeito de manter algo da minha sanidade. A arte, com minúscula ou maiúscula, tem esse efeito. Às vezes eu esqueço disso e acho que dá para correr longas distâncias sem ela... Não dá. Espero lembrar disso nos próximos 35 anos.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Retrospectivas e Perspectivas - De 2013 a 2014

36 dos 62 rabiscos do ano de 2013 em Retrospectiva.

Não desenho absolutamente nada desde 01 de Outubro de 2013.
Admito: saber que estava grávida, ao invés de aumentar a produção fez eu considerar que haviam coisas mais importantes para fazer... E depois disso veio muito cansaço e um sono fulminante que não me deixou fazer nada além disso: dormir.

E agora a menina (Lívia) já está aqui em casa há quase 01 mês... E não é uma questão de saber que não exista nada mais importante mas... Não existe - pelo menos por enquanto - tempo para mais nada. Estou checando todos os clichês da maternidade e validando: caos é a primeira palavra que me vem a cabeça... Estou tentando deixar de ser estatística mas está difícil, especialmente retornar a prática de pelo menos um pomodoro por dia de desenho. E para minha frustração eu sei que quando retomar, o pouco que ganhei em 2013 vai ter desaparecido.

Mesmo assim, o blog não morreu.

Tudo bem, a produção de 2013 ficou aquém do que eu esperava. Mas mesmo assim, foi o quinto ano mais produtivo dos últimos 20 -- e para um leigo (no caso meu marido), a produção foi muito superior aos demais anos. Apesar de ter me arrependido em determinado ponto do projeto família (as interferências para referências e palpites me tiraram um pouco do sério), esse foi, no geral, um ponto alto do ano. Há anos eu rabisco aqui e alí, mas nada significativo -- retratar a família toda foi legal.

Perspectivas para 2014

Ainda não fechei de fato as minhas metas para 2014... Mas fiz algumas (mais modestas, ou não) para desenho esse ano -- se não mudá-las em breve, é isso que eu vou tentar esse ano:

  • 365 rascunhos/trabalhos no Flick - não tão elaborados quanto os demais -- se fossem diários, seriam ideais, mas como já estamos no segundo mês do ano, a meta é chegar a 365 mesmo que em alguns dias isso signifique 02, 03 por dia. Ok, é bem pretensioso para quem só chegou aos 62 no ano anterior, e sem bebê mas... Pretensão e água benta não fazem mal mesmo.
  • Dobrar as postagens no Blog (156) - vamos combinar que multiplicando o número de rascunhos, não é difícil multiplicar o número de postagens. Embora eu tenha planos para algumas coisas de melhor qualidade s não relacionadas aos rascunhos, dobrar as postagens já é o suficiente para deixar esse blog com cara de vivo. Pelo menos uma postagem já foi aqui, rs - faltam 155.
  •  25 participações no Illustration Friday - um dos grandes problemas com desenho, que eu pretendo tratar em um post mais adiante é: essa é uma meta danada de complexa e abstrata. "Aprender a Desenhar" é uma meta irrealizável... Você precisa quebrar em partes mais "mastigáveis" como "desenhar animais", "desenhar mãos", "desenhar retratos" etc. -- Embora na prática eu ainda seja contra quem faz essa educação compartimentada, porque os princípios são sempre os mesmos... Acho que a pessoa interessada é que deve focar num tema por vez, sem acreditar que existe um método específico para cada tema. Tudo isso para falar do porque participar do Illustration Friday: rabiscar é legal, mas produzir ilustração - planejar, executar, revisar etc. - é outro jogo de competências... E no final das contas, é o porque eu tento aprender a desenhar de verdade. É como jogar uma "obrigação" no mundo da diversão.
  • 25 análises no DTO - Utilizar o serviço de críticas semanais do Drawing Tutorials Online já era uma meta de 2013 -- que não deu em nada, mas blz! Para 2014 ela se tornou fundamental porque uma coisa ficou clara: aprendendo por conta própria, você comete os mesmos erros "again e again" -- e se você der oportunidade (idealmente semanal, mas caso contrário quinzenal) que alguém aponte essas repetições, as chances de corrigi-las serão bem maiores.
Acho que é isso... Espero que em breve eu possa voltar aqui com os estudos de 2014! É torcer.

domingo, 1 de dezembro de 2013

Retrospectiva de Novembro


Produção total do mês de Novembro... Deu branco.
De volta do espaço sideral, ou de um cantinho por aí, eu tenho a dizer: nada é ruim o suficiente que não possa piorar (e nem impossível suficiente que a gente não possa melhorar). Mas se eu achei que o mês de Outubro foi fraco, Novembro decidiu mostrar que poderia piorar um pouco.

É bem triste saber que eu não rabisco nada há exatos 02 meses (o último foi em 01/10). E olha que eu tinha grandes planos para uma retomada nesse Novembro mas... Quando as coisas escapam da rotina, você tem que se esforçar para torná-las habituais novamente, caso contrário elas se perdem. E foi isso que aconteceu com o desenho... Parei de fazer coisas que eram o gatilho da atividade. E se você não faz ideia do que eu estou falando, eu realmente recomendo esse vídeo (e o livro que o acompanha):



Como hoje é domingo, o plano é já garantir alguma coisa para Dezembro. Nem que seja limpar a prancheta e deixá-la pronta para desenhar por lá -- coisa que na verdade eu não fiz durante todo ano, esperando o "momento certo". Mas nessa história de criar hábitos e rotinas, me parece mais proveitoso já contar com um espaço específico para a coisa.

Vamos ver no que dá!

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Retrospectiva de Outubro

Estou um pouco envergonhada com essa postagem -- em 2013, já tivemos meses fracos, embora nenhum como esse. Gostaria de dizer que tudo aconteceu por motivos de força maior, que eu me envolvi demais com o TCC (não, não me envolvi); que a dor nas costas continuou me matando (não, não está) ou que eu estou dando o dobro de gás nos freelinhas para garantir os meses em que tudo o que vou fazer é dar de mamar e trocar fraldas mas... Nem isso.

Várias coisas passaram pela minha cabeça esse mês -- e não foi possível dividir tempo entre elas e o desenho. Embora as coisas estejam um pouco bem mais claras agora. Veja, essa postagem de "retrospectiva" é sempre feita quando eu sei que não vou mais desenhar no mês, e programada para ser publicada no primeiro dia do mês seguinte; então é possível (embora eu não coloque minha fé nisso) que na próxima postagem eu diga algo diferente mas... A função e o porque eu preciso/quero/devo manter esse blog está muito mais clara.

Não, eu não sei como alguém que desenha nesse nível ainda tão tosco faz para ganhar dinheiro com isso -- e ganhar dinheiro com qualquer coisa que pague as contas e não devore a minha alma é a coisa que mais toma o pensamento ultimamente mas... Eu sei que já fiz outras escolhas bem "sensatas", com empregos/empreendimentos que deveriam pagar as minhas contas e serem executáveis dentro das minhas habilidades mais fáceis mas as coisas nunca funcionaram dessa forma então... Na lona por obrigação, na lona por paixão.

Dia 31 de Outubro, meu amanhã e o seu ontem (nesse blog oferecemos viagens no tempo gratuitas) era o meu último dia para entregar o TCC. Não sei o que deu (embora tenha um palpite um pouco nefasto). Meu lado "sensato" não via a hora de se livrar disso... Ele fez, de novo, o investimento em uma pós graduação que fizesse sentido dentro da minha área de atuação profissional... E sinceridade? Teria sido muito mais útil e compensador ter gasto a mesma grana em aulas de pintura a óleo ou artesanato.

Eu gosto de escrever, eu gosto de produzir coisas esteticamente agradáveis mas... Acima de tudo eu gosto de coisas "produzidas" e mão na massa. Eu consigo, muito bem, trabalhar com abstrações, planejamentos, documentação -- e isso garantiu que eu fizesse um trabalho profissional/corporativo muito bom, por muito tempo... Mas como todas as coisas que não devem ser, não resultou em satisfação ou resultados. Então a partir de 01 de Novembro, porque eu preciso encontrar meu caminho e oferecer a minha filha algo melhor do que "o mundo é cão querida!", eu vou começar a investir mais nessas coisas que eu deixei de lado.

E seja o que for pra ser... Que o que não era para ser já foi.
Muito complexo por hoje? Prometo melhorar.

Retrospectiva de Outubro
1. Not available, 2. Not available, 3. Not available, 4. Not available, 5. Rascunho 626. Not available7. Not available8. Not available9. Not available

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Retrospectiva de Setembro


Mais um mês com a tradicional retrospectiva do mês anterior. Setembro começou como uma grande promessa, mas foi interrompido por 03 questões:

-- 01 dor nas costas que me impede de qualquer atividade muito longa;
-- 01 gravidez recém descoberta (mais para o final do que para o começo), que muito provavelmente tem tudo a ver com essa dor nas costas;
-- A necessidade de começar um novo sketchbook (que eu descobri, pode ser mais intimidador que terminar um que não acaba nunca).

Tudo isso considerado, até que a produção geral foi boa... Mesmo estando longe do que eu gostaria. Ainda sonho com um mês no qual eu consiga produzir um rabisco para cada um dos dias do mês. Ou que eu pelo menos faça metade disso... Mas bem feito. Ainda não sei se esse é só um Hobby que eu vou levar desse jeito completamente despretensioso... Ou se vou decidir investir mais nisso no futuro. Estou distante de qualquer atividade profissional nessa área, seja por vontade ou por qualidade mas; toda vez que eu sou obrigada a voltar aos pequenos trabalhos, freelas e discussões na minha área atual por conta do dinheiro -- e eu vejo que cada vez mais eu ODEIO voltar a essa área e seu dia a dia, eu não sei se o mantra "ferrada, ferrada e meio" se aplica, e eu deveria mudar radicalmente de rumo.

O Juri interior ainda delibera.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Setembro
1. Rascunho 56, 2. Rascunho 57, 3. Rascunho 58, 4. Rascunho 59, 5. Rascunho 60, 6. Rascunho 61

domingo, 1 de setembro de 2013

Retrospectiva de Agosto

Primeiro dia do mês é dia de fazer a retrospectiva do mês anterior -- então sem mais delongas, vamos a ela. Estava com medo que Agosto fosse um mês tão improdutivo quanto junho e julho, mas felizmente nos últimos momentos do mês parece que as coisas acabaram descongelando. É lógico que eu tenho uma certa dor no coração de mostrar um mosaico com áreas em preto; fico bem mais feliz quando eu consigo trabalhar com múltiplos exatos -- coisa de quem tem um TOC ainda não diagnosticado -- e estava esperando conseguir chegar em 09 rabiscos até o final do mês mas... A gente já fica feliz com o que consegue. Gostei de colocar um pouco de cor nesse mês (mês do meu aniversário), mas no que se referem as metas imaginárias que deram origem a esse blog, ainda existe muita coisa a ser trabalhada.

Esse ano ainda está em 7º lugar entre os anos mais produtivos (levando em consideração os últimos 20), ainda não consegui acabar com o primeiro sketchbook do ano (a meta era 10, lembra?) e sinceramente não sinto que eu tenho avançado em nada nas minhas habilidades -- para ser sincera, tem coisas que eu sentia que eram mais fáceis antigamente. Mas deve ter algum sentido na frase "Devagar e sempre".

A retrospectiva que ilustra esse post...

Retrospectiva de Agosto
1. Rascunho 49, 2. Rascunho 50, 3. Rascunho 51, 4. Rascunho 52, 5. Rascunho 53, 6. Rascunho 54, 7. Rascunho 55

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Retrospectiva de Julho

Retrospectiva de Julho
Empate técnico com o mês passado.
Para comentar de maneira adequada o que foi o meu mês de Julho por aqui, eu precisaria de um arquivo de áudio -- daqueles que mostram uma profunda decepção quando algo não sai como esperado. Ainda fico surpresa -- depois de tantos anos, Julho ainda é sinônimo de férias e eu não faço grandes coisas fora do obrigatório; e o problema é ainda não ter colocado o desenho como obrigatório.

Por via das dúvidas, e como a esperança nunca morre, a gente despacha a retrospectiva do mal fadado mês apenas para me livrar dele.
Retrospectiva de Julho
1. Rascunho 46, 2. Rascunho 47, 3. Rascunho 48

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Retrospectiva de Junho

Junho acabou -- foi bem fraquinho, não adianta dizer que não, a produção prova. Até por conta disso, resolvi fazer a postagem da retrospectiva de Junho bem rapidinho, e arquivar logo o mês -- vamos para Julho, que eu acredito, será bem melhor. Acho que eu agora estou começando a sair do desânimo pessoal em uma série de questões, e espero que o resultado possa ser sentido no desenho.

Com Junho acabou metade de 2013... Até agora, que não foi lá muito produtivo, foram 45 rascunhos. Minha conta para dizer que isso é fraco é levar em consideração que foram, ao todo, cerca de 182 dias -- o que me faria considerar uma boa média um rabisco a cada dois dias... precisava de uns 91. Por essa conta, foi um rascunho a cada 04 dias, ou seja, não dá nem dois por semana... E eu gostaria de acreditar que até uma pessoa extremamente ocupada conseguiria fazer um no sábado, outro no domingo, e ter uma média melhor do que essa.

Eu sei também que quantidade não quer dizer qualidade -- mas feliz ou infelizmente, é o único indicador que está totalmente sob minha responsabilidade. E espero que na segunda metade do ano ele seja mais positivo ainda.

O rabisco que ilustra esse post...

Retrospectiva de Junho
1. Rascunho 43, 2. Rascunho 44, 3. Rascunho 45

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Retrospectiva de Maio

Retrospectiva de MaioQuinta retrospectiva do ano, só que dessa vez, direto de terras francesas. Enquanto eu vou congelando por aqui -- aparentemente esqueceram de instalar a primavera nesse continente, mesmo com a proximidade do verão -- estou aproveitando as horas vagas (hoje vão ser muitas, pois o maridão foi para o seu congresso-motivo-da-viagem) para colocar a retrospectiva em dia. De novidade ainda nada... Estou deixando as compras relacionadas à atividade para a minha loja mais amada de Paris no final da semana -- embora tenha descoberto que por aqui você acha uma caneta tinteiro legal por EU$ 10,00 (e eu acabei já comprando duas, e refils para os próximos anos).

Maio foi melhor em quantidade em relação a Abril (embora por pouco) e em qualidade não sei dizer -- não coloquei o rascunho do Dia da Toalha no Mosaico do mês porque ia acabar com paridade, e porque foge bastante do estilo do resto, então a conta de quantidade é ainda um pouco melhor. Viajei com um sketchbook específico, mas até agora nada. Talvez eu ainda tente começar algo hoje para passar o tempo mas... Nada garantido. Nesse ritmo, a retrospectiva de Junho pode não ser tão boa.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Maio
1. Rascunho 36, 2. Rascunho 37, 3. Rascunho 38, 4. Rascunho 39, 5. Rascunho 40, 6. Rascunho 42

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Retrospectiva de Abril

Retrospectiva de AbrilO que dizer quando a sua retrospectiva do mês passado chega praticamente na metade do mês seguinte? Em primeiro lugar, "É, a coisa não está fácil para ninguém!". Em segundo, lamentar que se Abril foi um mês lento, Maio está sendo um mês ainda pior.

Eu queria ter uma história bonita para contar -- dizer que a vida "está uma correria" e "quem tem tempo para desenhar" no meio de tanta correria... Mas a verdade é: a correria é sempre a mesma; o que está me deixando longe do sketchbook é uma coisa que sempre dá quando volto a ficar perto dele: medo e desânimo.

Como eu disse no post anterior, nada mais desanimador do que praticar, praticar, praticar e não ver um desenvolvimento incremental... É mais fácil seguir em frene no meio do bom do que no meio do ruim ou do feio. E medo porque... Ah, e se você dedicar boa parte do seu dia a isso, constantemente e as coisas simplesmente não ficarem melhores?

Caindo como uma luva nos meus questionamentos, dei de cara com esse post:
Remember it's ART.

Acho que vale uma lida - enquanto eu não me organizo melhor.

O mosaico que ilustra esse post
Mais triste do que poucos desenhos em um mês, só um número impar de desenhos que me deixa com esse quadrado preto, nada simpático no meio do meu mosaico. Como estamos praticamente na metade de Maio, ainda há algum tempo para a esperança de que maio seja melhor.

Retrospectiva de Abril
1. Rascunho 31, 2. Rascunho 32, 3. Rascunho 33, 4. Rascunho 34, 5. Rascunho 35

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Retrospectiva de Março

Retrospectiva Março de 2013
Produções de Março
Março já se foi - com uma conta levemente mais positiva do que a de Fevereiro (acho que pra compensar os 03 dias extras). Embora as coisas estejam um pouco mais constantes esse ano, minha expectativa maluca ainda não está feliz - queria mais volume (pelo menos o dobro do que está acontecendo) e sentir a qualidade melhorando exponencialmente (sim, eu sei que isso é maluco). Racionalmente eu sei que a vida acontece - existe casa, trabalho e extras para dar conta e nem sempre dá pra ter algum tempo livre mas... Expectativas se multiplicam.

Gostaria de ser desse tipo de pessoa que tem seus hobbies e dizem que isso lhes dá mais energia para enfrentar o dia a dia. Mas eu sou mais daquelas que uma vez que deixa uma brecha do hobbie entrar na vida  chega à conclusão que preferia fazer isso ao invés de qualquer coisa - e só não faz por não fazer ideia de como faria isso e pagaria as contas.

O Mosaico que ilustra esse post:

Retrospectiva Março de 2013
1. Rascunho 23, 2. Rascunho 24, 3. Rascunho 25, 4. Rascunho 26, 5. Rascunho 27, 6. Rascunho 28, 7. Rascunho 29, 8. Rascunho 30

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Retrospectiva de Fevereiro

Fevereiro termina hoje - e ainda existe a possibilidade de eu desenhar essa noite mas... Resolvi jogar a toalha de uma vez, encerrar o mês e dar boas vindas para Março (que acredito, será MUITO MELHOR, rs). Houve uma diferença significativa entre os meses de Janeiro e Fevereiro (10 rabiscos para ser mais precisa).

Não vou rever passo a passo as minhas metas para o ano porque eu não segui nenhuma - não desenhei um pomodoro por dia, não mandei desenhos para crítica no DTO, não continuei assistindo os vídeos - no máximo segui no projeto família (que não fazia parte das metas) mal e porcamente.

Faço sinceros votos de que em Março será diferente. Só de birra com um professor recente; que insistia que materiais da Faber Castell de nenhuma linha prestam (pobres almas que nunca tiveram um polychromos nas mãos, uma Pitt Pen ou que acham que o pastel seco duro da Faber é falta de qualidade) separei um sketchbook, e montei um estojo com todos os lápis graduados da Faber (coleção Regent, do HB ao 6B), borracha faber (a artística livre de PVC) e é isso - próximo sketchbook será temático, sketchbook Faber Castel.

Quem me conhece sabe que eu tenho "opiniões fortes"... E que para manter o bom convívio eu mantenho grande parte delas - como a minha ojeriza por essa ideia de que a Faber não presta - em silêncio mas... Essa precisava de prova real do absurdo. Que existem grandes materiais e marcas por aí eu não tenho dúvidas (eu mesma estou apaixonada pelos lápis Mars Lumograph da Staedler...) mas, dizer para quem está começando a diferenciar o que é um material do outro (não era o meu caso, mas o da maioria dos presentes) que a marca mais popular não presta, e que você PRECISA de material melhor para fazer coisas realmente boas me doeu. Ver gente que está começando em algo, cagando regra só porque o professor disse, sem entender o porquê da regra que está cagando sempre me enerva.

Mas isso é história para análises futuras.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Fevereiro de 2013
1. Rascunho 17, 2. Rascunho 018, 3. Rascunho 019,
4. Rascunho 20, 5. Rascunho 21, 6. Rascunho 22

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Retrospectiva de Janeiro

http://bighugelabs.com/
Janeiro acabou! Um doze avos do ano já foi, e se eu espero continuar no compromisso que estabeleci no começo do ano, avaliações regulares da situação são necessárias. De maneira geral, Janeiro foi um mês muito produtivo - o mais produtivo dos últimos anos, contando mesmo o período em aulas - mas é claro que nem tudo é perfeito: para dedicar mais tempo ao desenho, outras coisas sofrem (por exemplo, ainda não li nenhum livro esse ano, o ano passado já estaria no quarto/quinto livro). Além disso, ainda me incomoda um pouco que a minha prática está muito mais voltada ao resultado do que ao processo - apesar de ter feito uma série de desenhos, não fiz ainda nenhum exercício de gradações ou sombreamento apenas para apurar a técnica... Ainda estou refém dos desenhos para mamãe ver.

Mas vamos a retrospectiva das decisões, hábitos e metas.
  • Decisão: Adotar o DTO (Drawing Tutorials Online) como curso de 2013 – estabelecer um programa de estudo diário, mensalmente, para aprofundamento em desenho de figura humana.
Minha meta de Janeiro era assistir todos os vídeos da área "Beginners Basics" do DTO. Isso significava algo como 28 horas de vídeo, ou quase 01 hora por dia. Posso dizer que esse objetivo era "no mínimo" ingênuo. Consegui assistir no máximo 1/3 dos vídeos, e em muitos casos por que não estava preparada para assistir os vídeos por parte. Para fevereiro o objetivo é continuar esse programa... só que dessa vez com um máximo de 20 minutos por dia. Horas livres estão escassas.

  • Hábito: 01 Pomodoro de prática diária (equivale a um curso de 150 horas – uma Quanta sem férias).
A ideia era desenhar um Pomodoro (25 minutos) por dia. A média anotada foi de 48 minutos por dia... Embora tenha sido bem maior que o proposto, eu ainda não considero que um hábito foi formado. Dos 31 dias do mês, eu acabei desenhando apenas 20 dias. Para fevereiro, ainda estou trabalhando na ideia do hábito... diário.

  • Meta: Acabar com 10 sketchbooks no ano (valem os já iniciados e abandonados).
Ainda tenho que analisar se essa meta é viável. Isso só acontecerá se eu abandonar essa história de desenhos para a mamãe ver, e passar a respeitar mais o hábito dos 25 minutos diários. Pelas minhas contas, nesse primeiro mês eu deveria ter utilizado pelo menos 31 folhas do sketchbook... Acabei gastando apenas 16 (praticamente 50% do que eu esperava). Nesse ritmo, o sketchbook atual acaba no final de Março - ou seja, dá para sonhar com 04 até o final do ano... 10 fica difícil.

  • Meta: Enviar um desenho por semana para a crítica no site (52 desenhos até o final do ano).
Nem passei perto dessa. Achei que assim que terminasse a instrução básica no site eu estaria melhor preparada para encarar trabalhos para crítica. Ainda não cheguei nessa fase. Vou ver se pelo menos começo a participar semanalmente do Illustration Friday.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Janeiro de 2013
1. Rascunho 01, 2. Rascunho 02, 3. Rascunho 03, 4. Rascunho 04, 5. Rascunho 05, 6. Rascunho 06, 7. Rascunho 007 (Permissão para matar a modelo), 8. Rascunho 08, 9. Rascunho 09, 10. Rascunho 10, 11. Rascunho 11, 12. Rascunho 12, 13. Rascunho 13, 14. Rascunho 14, 15. Rascunho 15, 16. Rascunho 16