quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Entrando na linha...

Começando Setembro com um rabisco na linha, completamente despretensioso -- primeiro porque eu estava cansada desses rabiscos que terminam tortos e gastam muito tempo em sombreamento (se é pra ficar torto já pode ficar torto só na linha mesmo) e segundo, e talvez mais importante, porque eu estou morrendo de dor nas costas esses dias -- não estou conseguindo desenhar ou escrever nada na mão... Só consigo ficar sentada ao computador como se estivesse usando um colete ortopédico. Mais uma dessas dicas da vida que eu preciso fazer mudanças em diversas áreas. Não vejo a hora de terminar esse sketchbook para quem sabe me animar a fazer algumas coisinhas diferentes.

Esse final de semana eu estava lendo o meu livro "An Illustrated Life", que mostra os sketchbooks de diversos artistas (conhecidos ou não, dos mais diversos estilos), e folheá-lo sempre me deixa com vontade de desenhar mais... Mas dessa vez, revendo parte dos relatos me chamou a atenção a quantidade de pessoas que diz desenhar dos dois lados da folha -- e como o sketchbook deixa de funcionar para eles quando eles não fazem isso (e é algo que vem me irritando no meu há algum tempo). Acho que porque quanto você desenha dos dois lados, aceita melhor que é um caderno de "rabiscos" e para de se preocupar tanto com a qualidade do que sai ali. Tentar isso no próximo.

O rabisco que ilustra esse post...

rascunho_056
Lapiseiras 0.5 com grafite vermelho e normal 4B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário