segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Nunca acredite em promessas de mãe

Eu voltava em Novembro, não voltei. Eu gostaria de dizer que tenho alguns rabiscos não publicados para postar mas também não tenho... Até meus planos mais artísticos -- retratar todo mundo da família mais uma vez para presentear em molduras no Natal -- falharam.

Primeiro foram finalizações de projetos profissionais, depois compromissos familiares, Natal, Ano Novo, Aniversário da filha e... O tempo passou, agora que as coisas já estão mais em ordem, e eu poderia usar essas duas horinhas de sobrevivente que tenho quando a minha filha dorme, eu tenho o prazer de olhar no celular e ver marcando que a temperatura aqui do bairro está em 35ºC (as 22:00h!!!). Eu sou paulistana, quente começa em 26ºC; 35ºC já está na gradação inferno.

Como isso afeta a produção rabiscante? Minhas mãos suam... E suam muito... Qualquer folha de papel ficaria encharcada e a qualidade do desenho seria horrorosa, melhor desenhar em guardanapos.

Ok... Estou me sentindo naquela categoria "tudo vira desculpa"... Talvez seja mesmo... Mas agora estou no aguardo de situações climáticas mais favoráveis.

Art Before Breakfast

Estou aguardando ansiosamente a publicação do livro "Art Before Breakfast". Estou interessada, nesse ano de 2015, em qualquer coisa que ajude a inspirar a sair da inércia e achar tempo nos momentos mais complicados do ano.

Para quem tiver interesse:

Nenhum comentário:

Postar um comentário