domingo, 23 de agosto de 2015

Sem cabeças para nada... Nem a minha.


Sim, é uma tristeza mas... Eu só tenho mesmo essas coisinhas feias para mostrar. Não é que eu não esteja pensando no blog, muito pelo contrário: a partir de amanhã, e com um acontecimento especial para dia 31/08 (É surpresa!), o blog ganha atenção especial mas... Desenhar mesmo, tem sido sofrido - esses rabisquinhos no sketchbook A6 da TeNeus tem sido tudo o que eu consigo fazer, enquanto tomo o meu leitinho pela manhã e a Lívia ainda não percebeu que a mamãe tem lápis/lapiseiras/canetas legais nas mãos.

Dica: Para quem está em São Paulo, e tem acesso fácil ao metrô, eu recomendo dar um pulo em uma das lojas Daiso (endereços aqui: http://www.daisojapanbrasil.com.br/). Como quase tudo por lá é 6,99 (a alta do dólar quebrou um pouco a coisa do "preço único"), tem uma caneta tinteiro bem legal por 6,99 - simples, mas funciona bem para quem quer ter uma pena para rabiscar sempre à mão.



Estou tentando me forçar a desenhar de imaginação ultimamente, mas está difícil... Ainda falta saber de fato o que eu gostaria de estar desenhando. Figura humana sempre alegra a moça aqui, então eu vou tentando.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Confortando e perturbando há 35 anos!

Voltando! Nesse domingo eu completei assustadores 35 anos. Agora não faço mais parte da faixa "jovens" das pesquisas de marketing (que vai até os 34 anos), pago plano de saúde em uma faixa mais cara e não posso mais, definitivamente, fazer cara de "WTF???" quando alguém quer ser gentil e me chama de senhora. É... Sabe aquela história de que "depois dos 18 o tempo voa"? Clichê! Mas real.

Como estou distante daqui há algum tempo, estou recomeçando como se nada tivesse acontecido -- às vezes é necessário. Quando o tempo é escasso, ou a rotina leva o melhor de você, não adianta ficar se martirizando e pensando no que você faria se estivesse em uma bolha imaginária de tempo e possibilidades. Como eu disse: um dia você tem 18, no outro tem 35 e se não tomar cuidado, quando olhar outra vez tem 80.

Rabisco feito no dia do aniversário
em "comemoração".
Mais em: https://instagram.com/prixcnunes/
E eu já olhei por todos os ângulos: não consigo ficar sem meus rabiscos. Se eles não são (ainda, haha) nenhuma obra-prima, eles têm o efeito de manter algo da minha sanidade. A arte, com minúscula ou maiúscula, tem esse efeito. Às vezes eu esqueço disso e acho que dá para correr longas distâncias sem ela... Não dá. Espero lembrar disso nos próximos 35 anos.