sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Só de olho em como melhorar no desenho...

Para variar um pouquinho, um rabisquinho que não cruzou a barra para o Instagram, especialmente para ilustrar esse post... Faz tempo que não escrevo por aqui diretamente -- estou envolvida, atualmente, na tentativa de engatar de verdade com o hábito de rabiscar diariamente, e as publicações no Instagram tem ajudado nessa questão de ficar visível o resultado... E ainda fez com que o blog não ficasse tão parado por aqui.

Tenho pensado muito naquilo que posso fazer para melhorar no desenho... Depois de tantos textos sobre aprendizagem, garra, evolução etc., cheguei a conclusão que a melhoria é resultado de 03 coisas básicas: Diversão, Prática Deliberada e Trabalho no Dia a Dia... É a diversão que faz a gente gostar da coisa, a prática deliberada que faz a gente "consertar" e aprender peculiaridades mas, é a "água batendo na bunda" do trabalho cotidiano que faz a gente "performar" (como misteriosamente gosta todo gerente de RH).

Não é de se admirar que seja realmente mais difícil aprender depois de adulto -- quando o tempo para diversão é restrito, a gente não quer gastar o tempo que tem com práticas "chatas" e quando o ganha pão depende de outras atividades.

Por conta disso, estou pensando em como integrar tudo isso em uma prática pessoal -- em como ter tempo para se divertir com o desenho, em ter tempo para analisar as principais deficiências e trabalhar nelas e, ter algum tipo de saída com objetivo financeiro para isso -- mesmo que por hora seja o tipo de produto que ninguém pediu, e ninguém quer (é a vida, não é mesmo?).

É claro que esse comprometimento não conseguirá acontecer no volume e quantidade que alguém de 17 anos poderia colocar na coisa mas... Dá pra abraçar o "devagar e sempre", já que, na verdade, são os hábitos constantes as ferramentas mais capazes de gerar mudança e evolução. E eu estou toda na internalização do "vamos mudar os hábitos primeiro"... Quem sabe agora engata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário