domingo, 2 de setembro de 2012

Moleskines para quem precisa.

Se você já se envolveu tanto como eu nessa vida de projeto de protótipo de desenhista/ilustradora amadora, já ouviu falar de sketchbooks - esses caderninhos que desenhistas, designers e rabiscadores em geral costumam andar por aí, para cima e para baixo, fazendo rascunho e anotando suas impressões - e no mundo dos sketchbooks, Moleskines são os reis.

Você vai encontrar muita gente por aí dizendo que eles não são isso tudo - 50% disso você pode creditar aos hipsters de plantão que banalizaram o uso, e os outros 50% às pessoas que insistem em comprar os moleskines errados para o que pretendem fazer, ou nas lojas erradas por preços absurdos, e depois saem por aí dizendo que eles não são isso tudo. Por conta disso, antes de lhe dar boas opções para comprar Moleskines em conta, vou passar um pequeno guia dos principais tipos de Moleskine.

Moleskine Sketchbook
Se você deseja desenhar e pintar, tenha certeza que está comprando um “Moleskine Sketchbook”. Eles tem uma folha mais grossa, são acid free (não amarelam com o tempo) e tem folhas off-white (uma cor creme bem leve). Eles vêm em dois tamanhos: pocket – algo como 9 x 14cm; e large – tamanho 15 x 21, ou A5 (meia folha A4). Eles também tem duas opções de cores (preto e vermelho) em situações especiais podem vir em modelos comemorativos – como o meu do Woodstock, que está esperando eu ter certeza que o mundo acaba em 21/12 para usá-lo.

Moleskine Watercolor
Outra opção para quem gosta de desenhar são os Moleskines Watercolor – com papel especial para aquarela, e por isso aguentam melhor tintas do que o sketchbook – e se dão bem com pastel também pela textura do papel. Eles vem em tamanho pocket e large, mas não abrem no formato de um caderno/livro normal – a encadernação é horizontal.

Moleskine Plain
Essa é opção escolhida por todo mundo que compra um Moleskine e depois sai dizendo por aí que ele não é isso tudo. Os moleskines plain possuem folha Polen Soft, 75g/m² – ou seja, bem finas, bem leves e com um certo grau de transparência. São ótimos para anotações se você não gosta de pautas, mas deixam muito a desejar quando o assunto é desenho. Por algum motivo que eu desconheço, eles são vendidos nas lojas nacionais um pouco mais barato – embora fora daqui seu preço seja o mesmo de um sketchbook ou um watercolor.

Outros Moleskines
Como não servem ao propósito do site, vou falar bem rapidamente sobre os outros moleskines. Os mais utilizados são o ruled (pautado), Squared (quadriculado) – todos eles utilizam o mesmo tipo de papel do plain, e vem nos tamanhos pocket e large. Existem algumas opções diferentes de encadernação além do capa dura. Por exemplo, o Volant tem uma capa plastificada mole, enquanto os Cahier tem capa de papelão colorido.

E não é só isso! Esses modelos estão longe de cobrir todas as possibilidades de moleskine - para conhecer melhor o que eles oferecem, eu sugiro que você perca algum tempo no site do fabricante - você verá que existem diversas possibilidades: http://www.moleskine.com/web/en/home

Moleskines não são o olho da cara, você que está olhando no lugar errado!
Agora se tem uma coisa que me deixa irritada é gente mal informada que diz que Moleskines são caros - eles não precisam ser caros! Mas se você não gosta de rasgar/queimar dinheiro ou jogar carteiras pela janela; não compre os benditos em lojas como a Livraria Cultura, Fnac ou Saraiva. Os Moleskines mais caros no exterior saem por volta de U$ 20,00 - ou seja, pagar qualquer coisa além de R$ 40,00 por um Moleskine é realmente inaceitável; e nessas lojas se você achar algum por R$ 70,00 já estará recebendo uma "pechincha".

Então como pagar um preço aceitável por esses adoráveis caderninhos? A seguir eu apresento as minhas duas melhores opções - as que permitiram pelo menos que eu montasse a coleção da foto que ilustra esse post.

The book depositoryhttp://www.bookdepository.com/
A melhor opção para comprar Moleskines pelo preço de venda no exterior - embora a loja seja na Inglaterra, ela tem a opção de venda com os preços em dólares* - e você acaba pagando no máximo U$ 16,00 por um Moleskine Sketchbook Large. Antes, tudo o que você precisava era um cartão internacional, mas agora nem isso: desde que o Paypal chegou no Brasil, você pode comprar com essa opção de pagamento, e o próprio Paypal faz a conversão para reais, no seu cartão nacional - a única coisa extra é o IOF, que aumenta cerca de 2% no preço. Não há frete a pagar (a loja on-line tem frete grátis para todo o mundo) e sua encomenda chega em 02 a 03 semanas.

Better World Bookshttp://www.betterworldbooks.com/
A minha segunda opção é a Better World Books. A loja está nos EUA (por tanto seus preços são em dólares*), e a proposta do site é que parte dos valores das vendas são revertidos para instituições ao redor do mundo que incentivam a alfabetização, inclusive no Brasil - ela também não cobra frete mas - diferente da Book Depository, suas encomendas podem demorar cerca de 03 meses para chegar - não me pergunte por que isso acontece, mas é o que acontece quando você compra algo nos EUA x Europa. Mesmo para livros normais, as entregas vindas da Inglaterra costumam bater de longe as entregas normais da Amazon ou Better World, por exemplo. As opções de pagamento são as mesmas da Book Depository: cartão de crédito internacional ou PayPal.

Vou pagar imposto de importação?
Deveria - mas provavelmente não vai, embora eu não possa garantir isso com 100% de certeza. As lojas acima enviam os Moleskines como "Blank Books", e comumente isso é suficiente para a nossa alfândega ignorar a entrega como "livros" - já tive algumas compras abertas e reembaladas na alfândega, mas mesmo assim compreendidas como livros, e portanto sem impostos. Infelizmente, a Amazon por exemplo não compreende dessa forma, e é por isso que ela não envia Moleskines para o Brasil.

*Uma nota para quem sofre do velho caso de "Meu amigo vai ao exterior e vai trazer um Moleskine para mim" - primeiro, tenha certeza que seu amigo vai viajar para os EUA e não para a Europa... Moleskines são quase tabelados: o que você paga U$ 15,00 nos EUA, sai por EU$ 15,00 na Europa e £$ 15 na Inglaterra, ou seja, embora o valor de face continue o mesmo, o resultado final vai ser bem diferente.

Moleskines são a única opção?
Nem de longe! Existem ótimos sketchbooks por preços razoáveis da Canson, Tilibra, Hahnemuhle etc., aqui no Brasil mesmo - em breve eu falarei sobre onde encontrá-los. Nos sites indicados acima você também encontra boas opções de marcas como Watson-Guptill e Sterling. A minha única ideia com este post é que você não faça parte do coro da desinformação - se você não quiser utilizar Moleskines depois de utilizá-los, tudo bem. Mas não deixe a falta de conhecimento e os preconceitos sejam a razão para isso.

6 comentários:

  1. Boa tarde... Somos fabricantes aqui no Brasil, caderneta tipo moleskine, fazemos totalmente personalizado e com um preço bem inferior ao que vem de fora. Consulte-nos www.moleskinespersonalizados.com.br e www.i9brindes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha maior vontade foi classificar o seu comentário como Spam (porque é o que ele realmente é) mas vamos então aos fatos: "tipo moleskine" não é moleskine - moleskines não são o que são a séculos por conta das capinhas de courino e elásticos... Inclusive, por conta de questões de patentes, os cadernos "tipo moleskines" estão mais para plágio do que para substitutos. A única empresa nacional que eu conheço com cadernos semelhantes é a Cícero, e mesmo ela que apresenta qualidade superior e é focada no consumidor final, não tem qualidade semelhante... Empresas de brinde então -- não posso dizer a sua, mas digo as em geral -- costumam fazer cadernos "tipo" alguma coisa que deixam os escolares como superiores, então não... Não venha num post para ajudar desenhistas aspirantes a encontrar um produto de qualidade, para fazer propaganda não solicitada de um produto que é impossível atestar a qualidade.

      Excluir
  2. Gostei de saber um pouco mais,em muitos sites realmente vi críticas sobre o valor do moleskine,acabei comprando um da Cícero no submarino porque tem promoção lá no cartão e a minha melhor opção era o da Cícero,não é bem pelo preço,mas os que eu tinha me interessado esgotaram...O bom é que estou amando,como é meu primeiro sketchbook eu estava com medo de desperdiça o dinheiro da minha mãe,por vir um produto ruim ou que eu não aproveitasse o suficiente o caderno.
    Beijos...me interessei muito no seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna, que bom que você gostou e se deu bem com o Cícero. Aqui em casa não foi o melhor ambiente para eles -- como é muito úmido, o papel acaba ondulando demais pra ser usado para desenho depois, é uma tristeza.

      Excluir
  3. Olá Priscilla mas, sem querer abusar, você poderia indicar alguns produtos para quem quer começar que possam ser comprados na bookdepository? Onde estou (fortaleza/CE) além de difícil de encontrar os poucos que tem são bastante caros... obg!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo! Desculpe a demora. Estou na fila com alguns posts sobre sketchbooks e alguns a venda na própria lojinha (momento autopromoção, rsrs). Na book depository, se não for Moleskine, eu recomendo qualquer um da "Watson-Guptill" (você acha aqui, embora a maioria esteja em falta no momento: http://www.bookdepository.com/search?searchTerm=%20Watson-Guptill%20Sketchbook&search=Find+book).

      Excluir