domingo, 1 de dezembro de 2013

Retrospectiva de Novembro


Produção total do mês de Novembro... Deu branco.
De volta do espaço sideral, ou de um cantinho por aí, eu tenho a dizer: nada é ruim o suficiente que não possa piorar (e nem impossível suficiente que a gente não possa melhorar). Mas se eu achei que o mês de Outubro foi fraco, Novembro decidiu mostrar que poderia piorar um pouco.

É bem triste saber que eu não rabisco nada há exatos 02 meses (o último foi em 01/10). E olha que eu tinha grandes planos para uma retomada nesse Novembro mas... Quando as coisas escapam da rotina, você tem que se esforçar para torná-las habituais novamente, caso contrário elas se perdem. E foi isso que aconteceu com o desenho... Parei de fazer coisas que eram o gatilho da atividade. E se você não faz ideia do que eu estou falando, eu realmente recomendo esse vídeo (e o livro que o acompanha):



Como hoje é domingo, o plano é já garantir alguma coisa para Dezembro. Nem que seja limpar a prancheta e deixá-la pronta para desenhar por lá -- coisa que na verdade eu não fiz durante todo ano, esperando o "momento certo". Mas nessa história de criar hábitos e rotinas, me parece mais proveitoso já contar com um espaço específico para a coisa.

Vamos ver no que dá!

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Retrospectiva de Outubro

Estou um pouco envergonhada com essa postagem -- em 2013, já tivemos meses fracos, embora nenhum como esse. Gostaria de dizer que tudo aconteceu por motivos de força maior, que eu me envolvi demais com o TCC (não, não me envolvi); que a dor nas costas continuou me matando (não, não está) ou que eu estou dando o dobro de gás nos freelinhas para garantir os meses em que tudo o que vou fazer é dar de mamar e trocar fraldas mas... Nem isso.

Várias coisas passaram pela minha cabeça esse mês -- e não foi possível dividir tempo entre elas e o desenho. Embora as coisas estejam um pouco bem mais claras agora. Veja, essa postagem de "retrospectiva" é sempre feita quando eu sei que não vou mais desenhar no mês, e programada para ser publicada no primeiro dia do mês seguinte; então é possível (embora eu não coloque minha fé nisso) que na próxima postagem eu diga algo diferente mas... A função e o porque eu preciso/quero/devo manter esse blog está muito mais clara.

Não, eu não sei como alguém que desenha nesse nível ainda tão tosco faz para ganhar dinheiro com isso -- e ganhar dinheiro com qualquer coisa que pague as contas e não devore a minha alma é a coisa que mais toma o pensamento ultimamente mas... Eu sei que já fiz outras escolhas bem "sensatas", com empregos/empreendimentos que deveriam pagar as minhas contas e serem executáveis dentro das minhas habilidades mais fáceis mas as coisas nunca funcionaram dessa forma então... Na lona por obrigação, na lona por paixão.

Dia 31 de Outubro, meu amanhã e o seu ontem (nesse blog oferecemos viagens no tempo gratuitas) era o meu último dia para entregar o TCC. Não sei o que deu (embora tenha um palpite um pouco nefasto). Meu lado "sensato" não via a hora de se livrar disso... Ele fez, de novo, o investimento em uma pós graduação que fizesse sentido dentro da minha área de atuação profissional... E sinceridade? Teria sido muito mais útil e compensador ter gasto a mesma grana em aulas de pintura a óleo ou artesanato.

Eu gosto de escrever, eu gosto de produzir coisas esteticamente agradáveis mas... Acima de tudo eu gosto de coisas "produzidas" e mão na massa. Eu consigo, muito bem, trabalhar com abstrações, planejamentos, documentação -- e isso garantiu que eu fizesse um trabalho profissional/corporativo muito bom, por muito tempo... Mas como todas as coisas que não devem ser, não resultou em satisfação ou resultados. Então a partir de 01 de Novembro, porque eu preciso encontrar meu caminho e oferecer a minha filha algo melhor do que "o mundo é cão querida!", eu vou começar a investir mais nessas coisas que eu deixei de lado.

E seja o que for pra ser... Que o que não era para ser já foi.
Muito complexo por hoje? Prometo melhorar.

Retrospectiva de Outubro
1. Not available, 2. Not available, 3. Not available, 4. Not available, 5. Rascunho 626. Not available7. Not available8. Not available9. Not available

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Outubro no ar...

Um novo mês de postagem começando, os mesmos velhos problemas. Ainda não consegui me acertar com o novo sketchbook (estou usando o Tilibra Academie); achei que seria bem mais fácil de trabalhar sombreados nele, mas tudo o que eu faço tem saído mais áspero e irregular. Acho que como o sketchbook anterior era acetinado demais, eu acabei deixando a mão muito leve, e agora ela tem que voltar a pesar um pouco.

Ele também não se deu muito bem com o scanner, e ao contrário do que eu esperava, reflete luz pra caramba e não mostra todos os tons de cinza do original, e eu acabo precisando controlar muito os níveis no photoshop para que você possa ver alguma coisa por aqui.

Outra questão a trabalhar é que estou desenhando pessoas de cera. Estou desenhando pelos contornos, não tomando cuidado com nenhuma estrutura anatômica, e ainda por cima não sombreio até o fim porque dói as costas. Assim não há rabisco que ganhe um jóinha ao final do trabalho.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 62

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Retrospectiva de Setembro


Mais um mês com a tradicional retrospectiva do mês anterior. Setembro começou como uma grande promessa, mas foi interrompido por 03 questões:

-- 01 dor nas costas que me impede de qualquer atividade muito longa;
-- 01 gravidez recém descoberta (mais para o final do que para o começo), que muito provavelmente tem tudo a ver com essa dor nas costas;
-- A necessidade de começar um novo sketchbook (que eu descobri, pode ser mais intimidador que terminar um que não acaba nunca).

Tudo isso considerado, até que a produção geral foi boa... Mesmo estando longe do que eu gostaria. Ainda sonho com um mês no qual eu consiga produzir um rabisco para cada um dos dias do mês. Ou que eu pelo menos faça metade disso... Mas bem feito. Ainda não sei se esse é só um Hobby que eu vou levar desse jeito completamente despretensioso... Ou se vou decidir investir mais nisso no futuro. Estou distante de qualquer atividade profissional nessa área, seja por vontade ou por qualidade mas; toda vez que eu sou obrigada a voltar aos pequenos trabalhos, freelas e discussões na minha área atual por conta do dinheiro -- e eu vejo que cada vez mais eu ODEIO voltar a essa área e seu dia a dia, eu não sei se o mantra "ferrada, ferrada e meio" se aplica, e eu deveria mudar radicalmente de rumo.

O Juri interior ainda delibera.

O mosaico que ilustra esse post...

Retrospectiva de Setembro
1. Rascunho 56, 2. Rascunho 57, 3. Rascunho 58, 4. Rascunho 59, 5. Rascunho 60, 6. Rascunho 61

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O Sketchbook morreu! Longa vida ao sketchbook!

Passei por aqui fora de horário, com o título mais batido possível só para encerrar Setembro em número par! Comecei um novo sketchbook, que facilita um pouco o sombreamento mas que não se deu muito bem com o scanner -- pior que o anterior. A dor nas costas não me deixou (e pelo que soube, não vai me deixar pelos próximos 04 meses... E depois vai necessitar de troca de fraldas e mamadas constantes, então é bem possível que a minha produção cai daqui para a frente).

Ainda estou tentando digerir essa história de me descobrir grávida tão tarde e os impactos que isso vai ter em toda a minha vida mas... Por hora vamos terminar com Setembro.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 61

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Sketchbook: Es finito!

Anjos cantam felizes, aleluia, aleluia! Depois de muito, muito tempo, eu consegui finalmente acabar com esse sketchbook. Ele foi bonzinho, simpático e muito legal mas... Já deu, pode se aposentar agora feliz com o resultado de sua vida útil.

Hoje sem muito mais a acrescentar, tô num desânimo só. Nem esse meu porto seguro de quase sempre tem sido suficiente para me deixar um pouco mais otimista em relação a tudo -- acho que também porque, cada vez mais eu percebo que isso está distante demais de tudo o que eu gostaria de fazer... Complicadas as coisas.

O rabisco que ilustra esse post...
E encerra esse sketchbook...

Rascunho 60

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Segunda no ar...

Começando a semana na tentativa de continuar com a finalização do sketchbook -- está difícil dizer adeus a esse caderninho viu! Parece que durante as noites ele acaba fabricando mais páginas e a coisa nunca termina. O bichinho foi valente, foi fiel, mas espero que chegue a hora de ele ceder lugar ao próximo em breve -- embora ainda esteja meio difícil aceitar que no próximo eu vou tentar parar de fazer esses rabiscos com aspirações de trabalho acabado nele. Acho que sketchbooks deveriam ser lugares mais livres, onde você não tivesse medo de rabiscar qualquer coisa... E eu confesso que ainda tenho um medo significativo de desenhar qualquer coisa. De imaginação então nem se fale...

E depois do post de ontem, eu me sinto até envergonhada de compartilhar o rabisco a seguir mas... promessa é promessa, então vamos lá.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 59

domingo, 15 de setembro de 2013

Links para o Domingo

Um pouco de "choque de realidade" sempre faz bem quando você está tentando melhorar -- eu tento manter os meus choques altos e constantes, para evitar cair no erro de achar que eu já cheguei em algum lugar confortável. Os vídeos a seguir, colhidos na última semana no YouTube, são exemplos do quanto ainda existe de feijão com arroz para ser devorado no caminho que está pela frente.

Heather Rooney
https://www.facebook.com/ArtistHeatherRooney
Toda informação que consegui dessa artista é que ela tem 20 anos (o que torna a coisa toda ainda mais traumática). Ela não responde nenhuma pergunta em suas postagens no Facebook ou no YouTube; o que eu achei meio rude, especialmente porque ela não menciona em nenhum lugar o tempo gasto ou o papel utilizado, mas o realismo de suas pinturas a lápis de cor são de cair o queixo.



Marcello Barenghi
http://www.marcellobarenghi.com/
Marcello é um ilustrador e designer gráfico italiano (diretamente de Milão). Nos vídeos do YouTube ele trabalha técnicas bem realistas com marcadores e lápis de cor, e também deixa as pessoas babando.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Melhor de 05!

Depois de uma tentativa traumática no "desenho de imaginação" e marcadores, voltamos aquilo que me é mais confortável -- embora ainda não esteja do jeito que eu gosto. Ainda enfrento questões de finalização; chega uma hora que eu perco a paciência (normalmente quando as costas começam a gritar demais, coisa que não está demorando muito agora) e dou o rascunho por encerrado... Estou evitando, ainda, atravessar os dias com o mesmo rascunho, senão vira algo mais importante do que realmente deveria ser.

Como eu estou sempre acompanhando a questão do volume de produção, estou feliz porque desde 2008 eu não produzia tanto. E se eu for comparar o volume de produção de hoje com o de 2010 (o mais produtivo desses últimos anos até agora, e que eu acabo de empatar), eu acho que a produção desse ano está muito mais significativa -- apesar de todos os olhos tortos e as renderizações frouxas. Principalmente porque em 2010 o que aconteceu foi realmente um apanhado de rabiscos dignos de guardanapo ou de borda de caderno... Esse ano eu acho que pelo menos eu estou "melhorando" um pouco.

Espero!

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 58

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Tem dias que a coisa fica tão feia, que não vale comentar muito...

Esse é um daqueles desenhos para lembrar porque eu pratico -- porque quando eu quero fazer qualquer coisa de imaginação, ela normalmente não dá muito certo. Não tenho estilo algum. Gosto dos desenhas realistas, mas quando vou rabiscar sai esses cartuns tortos, que só Deus sabe porque eu insisto em finalizar em marcadores. Se essas Pitt Pens da Faber soubessem o destino delas, elas provavelmente teriam tentado fugir do seu destino de contrabando França-Brasil.

Acho que esse é um dos motivos que me dá tanta raiva quando as pessoas começam a discutir "que lápis você usou", "que caneta você usou?" -- é um questionamento tão besta. Quando você sabe o que está fazendo, pode ter resultados maravilhosos até com lápis de cor da Labra. Quando não sabe, nem Pitt Pen salva, conforme comprovado aqui.

Vale a recomendação da parte "editada" fora do desenho: estudar anatomia.

O rabisco (feio) que ilustra esse post...

Rascunho 057

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Entrando na linha...

Começando Setembro com um rabisco na linha, completamente despretensioso -- primeiro porque eu estava cansada desses rabiscos que terminam tortos e gastam muito tempo em sombreamento (se é pra ficar torto já pode ficar torto só na linha mesmo) e segundo, e talvez mais importante, porque eu estou morrendo de dor nas costas esses dias -- não estou conseguindo desenhar ou escrever nada na mão... Só consigo ficar sentada ao computador como se estivesse usando um colete ortopédico. Mais uma dessas dicas da vida que eu preciso fazer mudanças em diversas áreas. Não vejo a hora de terminar esse sketchbook para quem sabe me animar a fazer algumas coisinhas diferentes.

Esse final de semana eu estava lendo o meu livro "An Illustrated Life", que mostra os sketchbooks de diversos artistas (conhecidos ou não, dos mais diversos estilos), e folheá-lo sempre me deixa com vontade de desenhar mais... Mas dessa vez, revendo parte dos relatos me chamou a atenção a quantidade de pessoas que diz desenhar dos dois lados da folha -- e como o sketchbook deixa de funcionar para eles quando eles não fazem isso (e é algo que vem me irritando no meu há algum tempo). Acho que porque quanto você desenha dos dois lados, aceita melhor que é um caderno de "rabiscos" e para de se preocupar tanto com a qualidade do que sai ali. Tentar isso no próximo.

O rabisco que ilustra esse post...

rascunho_056
Lapiseiras 0.5 com grafite vermelho e normal 4B.

domingo, 1 de setembro de 2013

Retrospectiva de Agosto

Primeiro dia do mês é dia de fazer a retrospectiva do mês anterior -- então sem mais delongas, vamos a ela. Estava com medo que Agosto fosse um mês tão improdutivo quanto junho e julho, mas felizmente nos últimos momentos do mês parece que as coisas acabaram descongelando. É lógico que eu tenho uma certa dor no coração de mostrar um mosaico com áreas em preto; fico bem mais feliz quando eu consigo trabalhar com múltiplos exatos -- coisa de quem tem um TOC ainda não diagnosticado -- e estava esperando conseguir chegar em 09 rabiscos até o final do mês mas... A gente já fica feliz com o que consegue. Gostei de colocar um pouco de cor nesse mês (mês do meu aniversário), mas no que se referem as metas imaginárias que deram origem a esse blog, ainda existe muita coisa a ser trabalhada.

Esse ano ainda está em 7º lugar entre os anos mais produtivos (levando em consideração os últimos 20), ainda não consegui acabar com o primeiro sketchbook do ano (a meta era 10, lembra?) e sinceramente não sinto que eu tenho avançado em nada nas minhas habilidades -- para ser sincera, tem coisas que eu sentia que eram mais fáceis antigamente. Mas deve ter algum sentido na frase "Devagar e sempre".

A retrospectiva que ilustra esse post...

Retrospectiva de Agosto
1. Rascunho 49, 2. Rascunho 50, 3. Rascunho 51, 4. Rascunho 52, 5. Rascunho 53, 6. Rascunho 54, 7. Rascunho 55

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Brincando com cor...

Dessa vez eu vou culpar o scanner sem medo -- por mais que eu tenha tentado recuperar as cores no photoshop, esse rabisco não está absolutamente NADA parecido com o que está no sketchbook. Acredito que assim que eu trocar de sketchbook para um com um papel um pouco mais "rugoso" isso vai melhorar -- o papel desse é muito acetinado, além de não pegar muita cor/grafite, ele ainda reflete demais na hora que e escaneado.

Com o tamanho da testa que a coitadinha ficou, aceito anúncios -- se você quiser anunciar na testa dela, só me pedir um orçamento, rs. Mas pelo tempinho de nada que eu fiquei nesse, estou achando que acabei saindo no lucro ainda.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 55

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Imperfeita simetria inacabada

O rabisco de hoje não teve referência (tá vendo, não tem ninguém amaldiçoado com essa cara, rs) e foi apenas uma tentativa rápida de desenhar um rosto simétrico -- o jure ainda está deliberando sobre o resultado dessa tentativa. Mais um para fila dos "inacabados" porque ainda estou mantendo a minha política de não cruzar dias com rascunhos; esforço de horas por dias seguidos apenas para trabalhos pensados, planejados e com o objetivo de ir mais longe.

Tudo que sei é que eu já estou enrolando há algum tempo essa história de me dedicar aqueles exercícios um tanto quanto não agradáveis (chaaatooosss) de renderização, sombreamento e controle do tom... Estou precisando. E depois deles, rever alguns conceitos de anatomia.

Essa história de que a prática faz a perfeição é apenas 50% verdadeira -- precisa ser uma prática com propósitos e objetivos; caso contrário é apenas reforço de vícios e manias.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 54

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Não deixe esferográficas com a doente...

É... o resfriado chegou de vez. Mas como o dia foi quase que totalmente improdutivo e tocado debaixo do cobertor, eu não quis perder a oportunidade de fazer pelo menos uma coisinha. Estava com pouco tempo e muita preguiça, então a esferográfica pareceu uma boa ideia para dispersar a raiva.

Aproveitei que eu tenho algumas paper mate com umas cores doidas (o rosa já é de casa, mas essa laranja é novidade) para fazer esse rabisco todo doido -- no qual a mocinha saiu parecendo doente como eu. Espero melhoras amanhã...

Assim quem sabe voltamos à nossa programação normal.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 53

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Revisitando referências...

Essa é a segunda vez que eu trabalho com a mesma referência -- a anterior, eu mexi há quase exatamente um ano, e não ficou muito de acordo com a original. Para falar a verdade, essa não prima pela semelhança também, mas o resultado me deixou muito mais satisfeita; embora o meu scanner não seja muito gentil com desenhos a grafite e o que eu publico por aqui é sempre algo bem diferente do que eu vejo no meu sketchbook.

Parei antes de ir muito longe por causa do horário, e porque minhas costas de velha estão me matando hoje -- já é hora de liberar a prancheta e parar de ficar me contorcendo no sofá... Sem contar que eu fico perdendo lápis durante o processo.

Não garanto mais nada para a semana: tem um resfriado se instalando junto com essa dor nas costas, e corro o risco de ficar de molho por um tempo. Melhoras para mim! ;-)

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 52

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Um pouco de cor...

Para variar um pouco os rabiscos preto e brancos de todo dia, um pouquinho de cor em lápis de cor. Nada parecido com o que eu tenho visto no meu grupo de lápis de cor -- para exemplos desse tipo eu sugeriria visitar o meu painel sobre lápis de cor no Pinterest. Além de eu ainda não conseguir fazer o sombreamento da maneira mais adequada possível, ainda tenho uma mania difícil de tirar quando mexo com cores: usar cores menos primárias. Não que eu goste de ficar falando de números (que isso!!!) mas acabo de empatar a pequena produção de Julho com a pequena produção de Agosto. Quem sabe agora eu não retomo a rota.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 51

sábado, 24 de agosto de 2013

Inimigo público número 1: Olhos desnivelados.

Simetria é uma palavra que passa ao largo do meu sketchbook. Não importa o quanto eu me esforce na hora do rascunho, e tente me certificar que eles estão no mesmo nível e são do mesmo tamanho: no final do desenho eles sempre ficam bizarramente assimétricos. Se eu tivesse o tempo e disciplina necessária, acho que montaria um sketchbook só de olhos para praticar -- quem sabe assim eu consigo deixar essas "janelas da alma" no mesmo andar.

Voltar ao básico de maneira constante!

Parece que para todo e qualquer assunto que não está dando muito certo, essa é a melhor resposta. E então lá vamos nós.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 50

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Sketchbook, o retorno!

Não sei nem o que dizer sobre tanta ausência -- então não vou dizer muita coisa. Há 47 dias que eu não rabiscava nada, e esse foi realmente um recorde para esse ano e esse blog. Logo, ainda encarando o mesmo sketchbook velho de guerra -- e agora sem a mínima perspectiva de quando vou ver o seu fim.

Nesse meio tempo, me inscrevi em um grupo fantástico do Facebook, o "Colored Pencil Artists and Lovers on Facebook" (ele não é aberto ao público, você precisa pedir a inscrição e aguardar o aceite). Todo dia pelo menos uma dezena de postagens de pinturas a lápis de cor, uma mais linda do que a outra. De um lado dá uma vontade de pegar em lápis e seguir nesse sentido. De outro, e especialmente quando eu olho o resultado desse sketch depois de 47 dias parada, eu fico pensando que é o tipo de qualidade que não é para essa vida.

Vamos lá... Um dia de cada vez.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 49

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Retrospectiva de Julho

Retrospectiva de Julho
Empate técnico com o mês passado.
Para comentar de maneira adequada o que foi o meu mês de Julho por aqui, eu precisaria de um arquivo de áudio -- daqueles que mostram uma profunda decepção quando algo não sai como esperado. Ainda fico surpresa -- depois de tantos anos, Julho ainda é sinônimo de férias e eu não faço grandes coisas fora do obrigatório; e o problema é ainda não ter colocado o desenho como obrigatório.

Por via das dúvidas, e como a esperança nunca morre, a gente despacha a retrospectiva do mal fadado mês apenas para me livrar dele.
Retrospectiva de Julho
1. Rascunho 46, 2. Rascunho 47, 3. Rascunho 48

domingo, 14 de julho de 2013

Links para o Domingo

Quando eu crescer eu quero ser como...
Andrew Loomis -- Nem só de inspirações vivas vive esse blog. Andrew Loomis morreu há 54 anos e mesmo assim suas ilustrações e livros de desenho continuam sem comparação.
pagina_148
Copyright Andrew Loomis
Antigamente você tinha que se contentar com as versões em PDF que circulavam pela internet, mas há cerca de um ano atrás a editora Titan Books começou a imprimir cópias Fac-Simile (bem próximas do original) por preços bem acessíveis...

pagina_060pagina_076pagina_080
O principal deles, o "Figure Drawing for All it's Worth", eu comprei assm que saiu - e valeu muito a pena. É muito diferente ver o livro em PDF e tê-lo em mãos.

My new old "Figure Drawing for all it's worth"

Atualmente está difícil encontrar as versões em PDF online por questões de copyright mas... Com sorte ainda é possível encontrar cópias desse e dos demais livros.

Drawing Books
E falando sobre copyright, no DrawingBooks.org você encontra uma série de livros de desenho em domínio público -- é só baixar e aproveitar.


sábado, 6 de julho de 2013

Sketch para encerrar a semana...

Primeira semana de Julho, e pelo menos já empatei com a produção de Junho. Não é muito, mas dá a sensação de missão cumprida (mesmo que inicialmente). A missão maior: acabar com o sketchbook esse mês; e ainda faltam 15 folhas para que isso aconteça... Acho que eu dificilmente vou escolher um tão grande em tamanho e quantidade de folhas por algum tempo.

O sketch/rabisco de hoje não está acabado. Quando eu consigo desenhar, consigo uma janela de 03 horas entre algumas atividades -- decidi que não vou dedicar mais que isso a nenhum sketch. Então acabado o tempo, eu marco a data e deixo como está. Quando forem trabalhos em papel mais resistente, com uma expectativa maior, eu até vou cruzar dias mas... Vou parar com essa história de sketch que dura uma semana.

Por conta disso, esse é mais um com mãos não sombreadas -- eu deixo essa parte por último e acaba ficando de fora. Ainda não estou satisfeita com a qualidade que o scanner confere ao trabalho (acho que muitas nuances se perdem), mas veremos se eu consigo resolver esse problema para a próxima semana.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 48

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Um sketch masculino para variar um pouco!

Mais um sketch. Estou sem ideia sobre o que dizer hoje... Ainda não posso dizer "é isso!" mas, finalmente depois de um bom tempo, consegui ir com calma e regularidade -- é uma pena que o scanner não seja muito generoso com os desenhos a lápis e muitos detalhes se percam -- começo a considerar fotografar esse tipo de rascunho ao invés de utilizar o scanner.

Quanto ao tema, para variar um pouco, um desenho masculino. Sempre fico com medo de desenhar homens -- ou saem absolutamente estranhos ou incrivelmente femininos. Acho que a média aqui saiu adequada, não dá para pensar que é uma mulher, o que já é lucro. Mas preciso praticar mais itens como barbas, e raiz dos cabelos (além de não perder a paciência na hora de desenhar os cabelos. Além disso, ganha um doce quem adivinhar a referência.

O rabisco que ilustra esse post...

Rascunho 47

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Desenhando no Frio... Começando Julho.

Começando Julho com uma meta: acabar de uma vez com esse sketchbook atual. Não que eu esteja com raiva dele, mas quase: ele parece mágico, não acaba nunca. Com esse sketch de hoje ainda faltam 17 páginas... Na próxima escolha eu vou para um modelo mais breve (70 folhas no máximo, como nos sketchbooks da Tilibra).

Sei que eu já venho dizendo isso há um bom tempo mas -- eu preciso de uma prática deliberada em alguns aspectos, e rever o que eu faço no sketchbook. Esse desenho, por exemplo, é algo que não dá para colocar no sketchbook: é o tipo de trabalho que não se resolve em duas, três horas -- ou se resolve assim, mal acabado em diversos aspectos. No começo do ano, eu me comprometi a fazer 25 minutos de prática todos os dias... Mas o que acontece mesmo é que em alguns dias eu fico 02, 03 horas em um desenho como esse -- e depois passo vários dias sem encostar no caderno; preciso equalizar essa questão.

Tenho alguns chutes sobre ações necessárias:

  • Separar prática de trabalhos: uma coisa é gastar 25 minutos em prática, outra coisa é tentar fazer algo ficar bonito... Não dá para confundir essas coisas.
  • Preciso voltar para a prática de figura humana completa -- evitar copiar apenas alguns aspectos, como acontece nesses casos de desenho com referência fotográfica.
  • Praticar, urgentemente, sombreamento e acabamento.
Estou começando a considerar também incluir alguns dias com lápis de cor nessa prática -- o álbum de estudos desse ano está muito preto e branco.


O rabisco que ilustra o post...

Rascunho 46

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Retrospectiva de Junho

Junho acabou -- foi bem fraquinho, não adianta dizer que não, a produção prova. Até por conta disso, resolvi fazer a postagem da retrospectiva de Junho bem rapidinho, e arquivar logo o mês -- vamos para Julho, que eu acredito, será bem melhor. Acho que eu agora estou começando a sair do desânimo pessoal em uma série de questões, e espero que o resultado possa ser sentido no desenho.

Com Junho acabou metade de 2013... Até agora, que não foi lá muito produtivo, foram 45 rascunhos. Minha conta para dizer que isso é fraco é levar em consideração que foram, ao todo, cerca de 182 dias -- o que me faria considerar uma boa média um rabisco a cada dois dias... precisava de uns 91. Por essa conta, foi um rascunho a cada 04 dias, ou seja, não dá nem dois por semana... E eu gostaria de acreditar que até uma pessoa extremamente ocupada conseguiria fazer um no sábado, outro no domingo, e ter uma média melhor do que essa.

Eu sei também que quantidade não quer dizer qualidade -- mas feliz ou infelizmente, é o único indicador que está totalmente sob minha responsabilidade. E espero que na segunda metade do ano ele seja mais positivo ainda.

O rabisco que ilustra esse post...

Retrospectiva de Junho
1. Rascunho 43, 2. Rascunho 44, 3. Rascunho 45